Rede social corporativa eficiente: conheça esta nova tendência!

Você entende bem o conceito de rede social corporativa? Pois há cinco anos — tempo longo o suficiente para mudanças ao tratarmos do cenário digital — um artigo da Forbes sinalizava que era preciso olhar atentamente para o Brasil em relação ao futuro das redes sociais.

De fato, a aderência dos brasileiros a elas é surpreendente. Apenas no Facebook são 127 milhões de pessoas conectadas no país. Com o crescente acesso à banda larga, esses números só tendem a aumentar.

Mas ultimamente os espaços digitais têm ganhado um novo viés no cenário corporativo. Afinal, por que não usar o fascínio do brasileiro pela internet para o ambiente organizacional, gerando resultados positivos de sociabilidade e aumento na produtividade?

Essa é a realidade da rede social corporativa e vamos mostrar neste artigo como sua empresa pode aderir a essa tendência. Confira!

Conectar e engajar é possível

Em tempos pós-modernos, nos quais prevalece a fluidez das relações, conseguir conectar pessoas com eficiência torna-se estratégico para uma empresa. Afinal, os resultados de uma organização são diretamente influenciados pelo bem-estar e engajamento dos colaboradores.

Esse fato tem sido comprovado por meio de pesquisas nos últimos anos. Um estudo da Gallup Poll, nos Estados Unidos, concluiu que empresas com maior engajamento de colaboradores têm classificação superior em produtividade e lucratividade.

Assim, a rede social corporativa se mostra como uma nova experiência de fomento de relacionamentos e comunicação organizacional, capaz de potencializar o desempenho dos colaboradores e aumentar os indicadores referentes à satisfação, tão caros para as empresas atuais.

Mas o sucesso desse modelo depende, sobretudo, da aderência da liderançaCharlene Li, CEO de uma empresa americana e autora do livro The Engaged Leader, observou em suas pesquisas em uma empresa do Vale do Silício que os executivos não viam a colaboração e o engajamento como um bom uso do tempo. Assim, os colaboradores seguiam o exemplo e abandonavam a plataforma.

Ainda segundo Li, canais digitais são uma forma eficaz de estender a liderança e não é preciso temer que o engajamento diminua a capacidade de comando e controle.

Resultados diretos para a empresa

Apesar de dados mostrarem que mais de 90% das empresas brasileiras está presente nas redes sociais, muitas delas ainda não perceberam o potencial dessa ferramenta para o ambiente corporativo interno.

Separamos aqui benefícios reais que sua organização pode experimentar ao adotar redes sociais corporativas como estratégia.

Melhora da comunicação interna

comunicação em sua empresa tem sido propositiva? Transformar simples trocas de informação em momentos de valor palpável para os resultados da corporação é o alvo de muitos gestores.

A maioria dos líderes entende como isso é desafiador, mas poucos sabem quais ferramentas podem ser usadas nesse processo de amadurecimento da comunicação interna.

Estimativas do McKinsey Global Institute apontam que uma melhor comunicação e colaboração por meio de tecnologias sociais pode aumentar a produtividade da equipe de 20% a 25%.

Isso é possível por meio da transformação na estrutura organizacional, que cria uma cultura de confiança, resultando em uma comunicação horizontalizada, com maior compartilhamento de ideias, maior engajamento, clareza de informações e aproximação de hierarquias.

Alinhamento com o digital

Uma pesquisa recente do Gartner com CEOs e executivos identificou um aumento da preocupação com a rápida e crescente transformação digital. Segundo o estudo, um alinhamento com as tecnologias de informação estava no pódio para esses grandes negócios.

62% dos entrevistados responderam que estavam executando algum tipo de estratégia para tornar seus negócios mais alinhados com o digital.

Acompanhar essa tendência é fundamental para empresas que querem crescer e se destacar no mercado. Por isso, trazer para o contexto corporativo uma rede social é mais uma forma de deixar de lado antigas práticas e torná-las digitalizadas.

Aumento da visibilidade para as decisões da empresa

É difícil pensar que, em uma época em que todas as informações de que precisamos estão acessíveis a alguns cliques, empresas ainda queiram manter os tradicionais quadros de avisos.

Por vezes, os ruídos na comunicação e a falta de engajamento com as informações se dão pelo uso de meios ultrapassados.

Aproximar pessoas é um dos grandes lemas de qualquer rede social, e com a corporativa isso não é diferente. Além de aproximar colaboradores uns dos outros, eles também estarão mais conectados com a empresa, sua visão, seus propósitos e suas conquistas.

Difusão de treinamentos para os colaboradores

Indo além das trocas de informações e do contato de rotina, as redes sociais também podem ser uma plataforma usada para difundir conhecimento e incentivar o crescimento.

Fomentar uma cultura de aprendizagem constante passou a ser uma prática em empresas que notam o valor do desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores.

Assim, uma rede social corporativa é um espaço para divulgação e incentivo de cursos e treinamentos. Ao mesmo tempo, ela também pode ser um local de troca de saberes e ajuda mútua entre os profissionais.

Engajamento de profissionais

Após muitos índices alarmantes sobre uma grande maioria de profissionais que não estavam engajados em seus trabalhos, os indicadores nos Estados Unidos estão mais favoráveis.

Segundo a Gallup, em 2018, 34% dos trabalhadores estavam engajados e o nível de “ativamente desengajados” caiu para 13%.

Um dos possíveis motivos para essas mudanças positivas é que as empresas passaram a adotar uma postura mais voltada para o bem-estar e o engajamento de seus colaboradores.

Como fazer isso? Ouvindo os profissionais e entendendo quais aspectos no ambiente organizacional não estão favorecendo a motivação, quais são suas ideias e sugestões.

A rede social corporativa é central nesse processo, pois pode servir como um canal eficaz de comunicação e um termômetro para observar os níveis de engajamento das equipes.

Propagação da cultura

A aderência a esse modelo de comunicação também favorece o fortalecimento da cultura organizacional, que norteia a identidade e a imagem da empresa.

Além disso, a cultura corporativa tem ligação direta com o índice de turnover. Uma pesquisa da Columbia University indicou que organizações que trabalham esse aspecto têm retenção de talentos três vezes melhor, fator que, consequentemente, reduz os custos de processos seletivos.

Se sua empresa tem passado por tempos de crise, é hora de fortalecer as relações interpessoais e investir no que a gestão tem de maior valor: as pessoas da equipe. E, como você descobriu nesse texto, a rede social corporativa vai ser sua grande aliada nessa missão!

O VOCA quer ser parceiro da sua organização nesse momento tão importante de transição digital! Entre em contato com nossa equipe e saiba como nossa rede social corporativa pode ser ideal para o seu contexto!

Powered by Rock Convert

Sign in to post your comment or sign-up if you don't have any account.

Deixe seu comentário

WordPress Lightbox